quarta-feira, agosto 19

Quando tudo da errado - 2ois

Vamos celebrar o amor

Três pontos na testa e dor
E dor

Vamos contemplar o sol
Seis banhos por dia e calor

Tudo que eu planejei se desplanejou
Eu vou tentar ficar de pé, ficar de pé

Quando tudo dá errado eu me recuso a aceitar
Por que sempre é comigo, uma história de azar [de azar]

Vamos estender a mão
Eles que precisam, eu não
Eu não!

Tento aceitar quem foi
Todas as pessoas que sou, oh oh

Tudo que eu planejei se desplanejou
Eu vou tentar ficar de pé

Eu quero tentar, eu quero ser igual
A todo mundo que joga futebol
Eu quero sair, sair do hospital
Um dia vou ver minha foto no jornal

Quando tudo dá errado eu me recuso a aceitar
Por que sempre é comigo, uma história de azar

Eu rolei da minha escada, caí do penhasco
Que mentalizei
Eu nasci no dia errado, no táxi errado
Que eu não paguei, que eu não paguei...